19 de jun de 2009

Invejo, logo existo!

"Acredito em inveja santa. Eu a sinto dentro de mim. Não tenho como escondê-la. A humildade que me dá taquicardia, nasce da admiração e não do anseio de destruir. Suo as palmas das mãos, arrepio a pele, acelero o coração, e sei que fui acometido de inveja santa. Invejo, logo existo!"

Trecho de uma meditação do Ricardo Gondim, em seu site. Para o conteúdo completo, clique aqui: A inveja.

Postar um comentário