24 de jul de 2008

Abobrinha de quinta (3)

Al Said Ragab Sawarka virou notícia dos jornais egípcios. Ele foi preso porque havia casado com duas adolescentes menores de 16 anos, mas na polícia descobriu-se que ele já tinha sido casado 21 vezes e na ocasião tinha quatro mulheres. Ele revelou que seu matrimônio mais rápido havia durado apenas sete horas e acabou porque ele descobriu que a noiva não era virgem. Segundo a lei islâmica, um homem pode ter até quatro mulheres, mas tem que conseguir sustentá-las e elas precisam ter mais de 16 anos.

Fonte: Guia dos Curiosos
Postar um comentário